ZONAS MULTIPROPOSITO CON DESCUENTOS PUENTUALES 10%
DESCUENTOS PUNTUALES 10%

Quanto tempo demora o óleo de CBD a fazer efeito?

Quanto tempo demora o óleo de CBD a fazer efeito?

O CBD é uma substância natural que pode trazer muitos benefícios para o corpo humano e pode ser absorvida de diferentes formas, tanto interna como externamente.

De acordo com a via de administração utilizada, podem variar o tempo que demora para os efeitos do CBD aparecerem, a sua duração e potência.

Neste artigo irás descobrir as diferenças entre as diferentes formas de absorção do CBD e poderás escolher qual a via de administração mais adequada à tua situação e descobrir quais são os produtos disponíveis.

Absorção de óleo de CBD

O óleo de CBD pode ser aplicado internamente, através da via pulmonar, sublingual ou ingerido, para obter um efeito sistêmico, ou seja, generalizado e distribuído por todo o corpo. 

Em contraste, atraves da via externa, o efeito concentra-se na área de aplicação sem gerar efeitos sistêmicos, a menos que a via transdérmica seja utilizada, através da qual a substância entra na corrente sanguínea e o efeito é generalizado em todo o corpo.

Legalidade dos usos de absorção do óleo de CBD

De acordo com a regulamentação de cada país, existem produtos que podem ser utilizados de forma completamente legal e outros que permanecem no limbo legal, uma vez que a sua utilização não está regulamentada, mas são comercializados sob outros tipos de registo.

Em geral, a utilização externa é regulada na Europa e só podem ser comercializados produtos cosméticos que contém CBD na sua forma isolada ou sintética, embora existam países que permitem a produção e distribuição de produtos cosméticos que contém extratos de CBD de largo espectro, ou seja, ao manter a presença de outros componentes e fitocanabinóides incluindo o THC (numa concentração inferior a 0,2%).

O uso interno, por outro lado, tem nuances diferentes:

  • A inalação das flores não está regulamentada, embora seja amplamente utilizada, uma vez que as flores de CBD podem ser comercializadas como produtos de coleção.

Por outro lado, a utilização de óleos de CBD para vaping é permitida, embora esteja a ser regulamentada gradualmente, ao ser um produto muito mais atual e até há poucos anos quase desconhecido. 

  • A via sublingual e ingerida não está regulamentada na Espanha, embora a OMS tenha declarado o CBD uma substância totalmente segura e adequada para consumo humano, como se pode ver nos países da América do Norte e do Sul onde a sua utilização é permitida, bem como em outros países da UE. Além disso, em Portugal é possível encontrar produtos de CBD para ingestão no campo farmacológico, pelo que a sua segurança é mais do que declarada, embora a sua utilização ainda não seja permitida. 

(1-2)

CBD por inalação: efeitos de início rápido

Através da via inalatória, o efeito aparece imediatamente, atinge a sua potência máxima após alguns minutos (2-5) e diminui gradualmente até desaparecer após 2-3 horas. 

Consequentemente, é a melhor opção para obter o efeito mais rapidamente, embora não garanta uma longa duração. No campo terapêutico, a inalação é utilizada como forma de resgate, uma vez que o CBD pode ser administrado na altura certa e nas quantidades certas para cada situação. 

O fato de optar pela vaporização permite aumentar a biodisponibilidade (que seria a capacidade de absorção) em até 50%, contra 30% da forma fumada, o que também leva à produção de substâncias cancerígenas.

(4-5)

CBD sublingual (óleo de CBD debaixo da língua): efeitos de início moderados

Pela via sublingual o efeito não se produz imediatamente, mas normalmente começa após 20-30 minutos e permanece estável durante cerca de 6 horas antes de desaparecer gradualmente.

Tomar o óleo de CBD de forma sublingual é a melhor forma de assegurar um efeito estável e duradouro, e é a melhor forma de tomar CBD num ambiente terapêutico de forma constante e de obter um efeito contínuo.

Ao ser absorvido através da mucosa sublingual, o CBD entra na corrente sanguínea sem passar pelo sistema digestivo, pelo que a biodisponibilidade pode atingir até 40% e evita-se uma possível interação farmacológica.

Comestíveis de CBD (gomas e cápsulas): efeitos de início lento 

Através da ingestão, o CBD entra no sistema digestivo, pelo que o efeito pode demorar entre 1 e 3 horas a aparecer, dependendo do metabolismo de cada pessoa, do tipo de produto consumido e dos alimentos ingeridos antes ou depois. A duração do efeito é longa e pode chegar até 8 horas, embora seja instável, com altos e baixos. 

O CBD é absorvido pelo sistema digestivo através do fígado no qual podem ocorrer interações com drogas (que são absorvidas através do mesmo canal), pelo que a via ingerida é a menos recomendada a nível medicinal, e também devido às transformações dos sumos digestivos a biodisponibilidade diminui até 5-10%.

(7)

Tópicos de CBD: Efeitos localizados de início rápido

Como mencionado acima, através da via tópica o efeito do óleo de CBD não é sistêmico, mas concentrado na área superficial da área de aplicação.

A pele tem uma capacidade de absorção limitada, pelo que os cosméticos têm normalmente uma baixa concentração e, de acordo com o tipo de produto (óleo, pomada ou creme) e dos componentes que acompanham o CBD (óleos essenciais e outros ingredientes), o efeito pode demorar 15-20 minutos a aparecer e durar 2-3 horas.

A via externa representa uma forma completamente segura de utilizar o óleo de CBD, embora as suas propriedades não possam ser utilizadas de forma sistemática. Medicinalmente, é um bom tratamento complementar para reforçar e concentrar o efeito sobre uma área específica.

(8-9)

Tempo do início dos efeitos do CBD sob condições específicas

Em cada situação é possível escolher diferentes ferramentas e combinar diferentes formas de utilização, a fim de otimizar um efeito terapêutico tanto para a sintomatologia aguda como crónica.

Quanto tempo demora o óleo de CBD a fazer efeito para as dores articulares?

No caso de dores articulares, é possível agir imediatamente sobre os sintomas agudos, principalmente através do uso infamatório e tópico, sendo necessário realizar um tratamento mais contínuo durante algumas semanas e integrar as vias sublingual e tópica, a fim de observar melhorias mais estáveis que podem ser mantidas mesmo quando o efeito do CBD diminui.

(10-11-12)

Quanto tempo demora o óleo de CBD a fazer efeito para a dor crónica e neuropática?

Para dores mais crónicas ou neuropáticas, é necessário utilizar a via sublingual de forma contínua para alcançar melhorias estáveis, embora o alívio de picos de dor aguda possa ser alcançado através da inalação. Pode levar algumas semanas para ver melhorias significativas, embora os efeitos calmantes sejam perceptíveis desde os primeiros dias.

Quanto tempo demora o óleo de CBD a ter um efeito sobre o sono?

De acordo com a situação de cada pessoa e das razões que podem causar problemas de sono, podem ser escolhidas diferentes opções:

  • As pessoas que têm dificuldade em adormecer obterão o melhor efeito ao utilizar a via inalada, e a dosagem pode ser ajustada de acordo com a necessidade.
  • Para pessoas que têm problemas de insónia, sono leve e não regenerador ou despertar noturno, a melhor opção é utilizar a via sublingual. Os efeitos relaxantes do CBD podem ser vistos nos primeiros dias de tratamento, enquanto que para problemas mais graves ou de longa duração, será necessário mais tempo, como semanas ou meses 

(13-14)

Quanto tempo demora o óleo de CBD a fazer efeito para a ansiedade?

Uma crise de ansiedade e um ataque de pânico podem surgir de forma pontual e rápida, pelo que é necessária a via mais rápida disponível, representada pela inalação.

Contudo, uma crise aguda pode ser causada por um estado de ansiedade mais crónico e generalizado, pelo que a via sublingual representaria a melhor opção para obter uma redução na intensidade e/ou frequência de futuras crises agudas e favorecer uma melhoria geral do estado de espírito após algumas semanas.

(14)

Tempos de aparecimento dos efeitos dos extratos do CBD

Quanto tempo demora o óleo de CBD a fazer efeito contra a irritação da pele?

Existem óleos que contêm apenas CBD na sua forma purificada e isolada, enquanto outros são feitos com um extrato de CBD altamente concentrado que também retém a presença de outros fitocanabinóides e terpenos, chamados óleos de espetro total por este motivo. 

O efeito do CBD é reforçado pela presença dos outros compostos, pelo que se manifestará mais eficazmente em produtos de espectro total, enquanto que com produtos que utilizam CBD na sua forma pura o efeito será menos potente ou será necessária uma dosagem mais elevada (ou ambas). (17)

Por esta razão, existem também os chamados óleos de largo espectro nos quais o CBD é acompanhado por terpenos e outros fitocanabinóides, com exclusão total do THC, do que não há vestígios.

Bibliografia:

1 - https://www.emcdda.europa.eu/news/2020/cannabidiol-cbd-is-not-considered-a-narcotic-drug-under-european-law_en

2 - Cannabis-based medicines–GW pharmaceuticals: high CBD, high THC, medicinal cannabis–GW pharmaceuticals, THC:CBD. (2003). Drugs in R&D, 4(5), 306–309.

3 - Hosseini, A., McLachlan, A. J., & Lickliter, J. D. (2021). A phase I trial of the safety, tolerability and pharmacokinetics of cannabidiol administered as single-dose oil solution and single and multiple doses of a sublingual wafer in healthy volunteers. British journal of clinical pharmacology, 87(4), 2070–2077.

4 - McGilveray I. J. (2005). Pharmacokinetics of cannabinoids. Pain research & management, 10 Suppl A, 15A–22A

5 - Lanz, C., Mattsson, J., Soydaner, U., & Brenneisen, R. (2016). Medicinal Cannabis: In Vitro Validation of Vaporizers for the Smoke-Free Inhalation of Cannabis. PloS one, 11(1)

6 - Narang, N.C., Sharma, J., & Baba, S. (2011). SUBLINGUAL MUCOSA AS A ROUTE FOR SYSTEMIC DRUG DELIVERY

7 - Chayasirisobhon S. (2020). Mechanisms of Action and Pharmacokinetics of Cannabis. The Permanente journal, 25, 1–3

8 - Kupczyk, P., Reich, A., & Szepietowski, J. C. (2009). Cannabinoid system in the skin – a possible target for future therapies in dermatology. Experimental dermatology, 18(8), 669–679

9 - Eagleston, L., Kalani, N. K., Patel, R. R., Flaten, H. K., Dunnick, C. A., & Dellavalle, R. P. (2018). Cannabinoids in dermatology: a scoping review. Dermatology online journal, 24(6), 13030/qt7pn8c0saswan, S. M., Klosner, A. E., Glynn, K., Rajgopal, A., Malik, K., Yim, S., & Stern, N. (2020). Therapeutic Potential of Cannabidiol (CBD) for Skin Health and Disorders. Clinical, cosmetic and investigational dermatology, 13, 927–942

10 - Mlost, J., Bryk, M., & Starowicz, K. (2020). Cannabidiol for Pain Treatment: Focus on Pharmacology and Mechanism of Action. International journal of molecular sciences, 21(22), 8870. https://doi.org/10.3390/ijms21228870

11 - Urits, I., Gress, K., Charipova, K., Habib, K., Lee, D., Lee, C., Jung, J. W., Kassem, H., Cornett, E., Paladini, A., Varrassi, G., Kaye, A. D., & Viswanath, O. (2020). Use of cannabidiol (CBD) for the treatment of chronic pain. Best practice & research. Clinical anaesthesiology, 34(3), 463–477. https://doi.org/10.1016/j.bpa.2020.06.004

12 - Verrico, C. D., Wesson, S., Konduri, V., Hofferek, C. J., Vazquez-Perez, J., Blair, E., Dunner, K., Jr, Salimpour, P., Decker, W. K., & Halpert, M. M. (2020). A randomized, double-blind, placebo-controlled study of daily cannabidiol for the treatment of canine osteoarthritis pain. Pain, 161(9), 2191–2202. https://doi.org/10.1097/j.pain.0000000000001896

13 - Babson, K. A., Sottile, J., & Morabito, D. (2017). Cannabis, Cannabinoids, and Sleep: a Review of the Literature. Current psychiatry reports, 19(4), 23. https://doi.org/10.1007/s11920-017-0775-9

14 - Shannon, S., Lewis, N., Lee, H., & Hughes, S. (2019). Cannabidiol in Anxiety and Sleep: A Large Case Series. The Permanente journal, 23, 18–041. https://doi.org/10.7812/TPP/18-041

15 - Sangiovanni, E., Fumagalli, M., Pacchetti, B., Piazza, S., Magnavacca, A., Khalilpour, S., Melzi, G., Martinelli, G., & Dell'Agli, M. (2019). Cannabis sativa L. extract and cannabidiol inhibit in vitro mediators of skin inflammation and wound injury. Phytotherapy research : PTR, 33(8), 2083–2093. https://doi.org/10.1002/ptr.6400

16 - Palmieri, B., Laurino, C., & Vadalà, M. (2019). A therapeutic effect of cbd-enriched ointment in inflammatory skin diseases and cutaneous scars. La Clinica terapeutica, 170(2), e93–e99. https://doi.org/10.7417/CT.2019.2116

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CBD, o seu momento diário da natureza.
Descubra todos os nossos produtos
Ir para a loja
Cuando la tecnología y la naturaleza se unen, el resultado es BEEMINE
Tienda

Subscrever a Newsletter

usercartmagnifiercrosschevron-downplus-circle
0
    0
    O meu carrinho
    O carrinho está vazioVoltar à loja