ZONAS MULTIPROPOSITO CON DESCUENTOS PUENTUALES 10%
DESCUENTOS PUNTUALES 10%

Aprende como pode melhorar a pele sensível utilizando CBD

Aprende como pode melhorar a pele sensível utilizando CBD

Cada vez mais pessoas têm pele sensível e muitas delas nem sequer têm consciência de que sofrem com isso. É importante, além de seguir bons hábitos de cuidado da pele e uma boa dieta, saber identificar os sintomas da pele sensível e evitar, na medida do possível, os fatores que a desencadeiam.

O que é a pele sensível? Quem é afetado?

A pele sensível ou reativa tem um limiar de tolerância inferior a estímulos de vários tipos. Em outras palavras, a hipersensibilidade que carateriza este tipo de pele faz com que a barreira cutânea tolere fatores em menor grau do que uma pele normal toleraria sem problemas.

Ter pele sensível é realmente comum: afeta 1/3 da população adulta. 60% das mulheres sofrem desta condição de pele, enquanto que os homens representam apenas 40%. Além disso, observou-se que as pessoas com um fototipo de pele clara têm uma maior predisposição para desenvolver esta sensibilidade e é geralmente uma manifestação clínica de uma patologia associada como a rosácea, dermatite atópica ou dermatite seborreica, entre muitas outras.

É importante notar que qualquer tipo de pele, seca, oleosa ou mista, pode tornar-se sensível e os sintomas podem manifestar-se a todo o momento ou aparecer quando a pele é exposta a vários fatores externos ou internos (1)(2).

Como reconhecer a pele sensível? Causas

[/vc_custom_fonts][vc_column_text]Esta pele tem certas caraterísticas que a distinguem da pele normal e é importante esclarecer que não é um tipo de pele, mas sim uma condição da pele. Carateriza-se por sensações desagradáveis tais como coceira, aperto, queimação ou ardor, por vezes associadas à secura e vermelhidão.

As principais causas são em primeiro lugar uma alteração na função de barreira da pele (camada da epiderme) que resulta numa maior perda de água transepidérmica (TEWL) e consequentemente leva a uma maior desidratação e secura da pele. Além disso, isto também favorece a penetração de agentes externos que podem ser nocivos porque a pele não é suficientemente forte para resistir a este tipo de exposição, causando irritação e prurido.

Em segundo lugar, alguns estudos mostraram que neste tipo de pele há uma alteração na atividade neurosensorial dos nervos cutâneos que faz com que os terminais nervosos se tornem hipersensíveis e comecem a disparar sinais de dor em resposta a estímulos inofensivos, e libertar também citocinas (substâncias proteicas libertadas pelas células cutâneas) que promovem processos inflamatórios na pele e causam vermelhidão e ardor (2)(3).

Fatores envolvidos na sensibilidade da pele

Os sintomas de pele sensível podem ser causados por fatores externos ou internos e a melhor maneira de preveni-los é evitar a exposição a estes fatores ou reforçar e cuidar da pele tanto por dentro como por fora.

Comecemos por falar de fatores externos, tais como mudanças bruscas de temperatura. Devemos tentar minimizar estas alterações e tomar especial cuidado com calor e frio excessivos, uma vez que isto poderia desencadear a libertação de histamina e causar desconforto na pele, como queimaduras ou picadas. Por conseguinte, é importante evitar duches prolongados e utilizar de preferência água morna para que a pele não seja tão gravemente afetada.

Outro fator que é muito prejudicial para a pele sensível é o sol. A radiação ultravioleta da luz solar causa stresse oxidativo (formação de radicais livres) e inflamação, ao agravar ainda mais os sintomas desta condição. Uma forma de evitar este fator é aplicar diariamente protetor solar SPF50+ para uma cobertura máxima e não se expor diretamente ao sol.

A utilização de fórmulas cosméticas inadequadas pode aumentar os sintomas desta pele, uma vez que contêm certos componentes que a podem irritar e agravar. Por conseguinte, é importante escolher os cosméticos certos e estes devem conter ingredientes ativos compatíveis com a pele sensível.

Quanto aos fatores internos, as alterações hormonais relacionadas com o ciclo menstrual ou o período da menopausa podem produzir efeitos na pele, tais como vermelhidão e aperto, e aumentar a sua sensibilidade. Por conseguinte, é muito importante utilizar cosméticos adaptados às necessidades da pele nesses momentos e seguir bons hábitos de cuidado e descanso.

Por outro lado, fatores como o stresse ou a dieta têm uma influência significativa na sensibilidade da pele. Quando uma pessoa é stressada, as terminações nervosas na pele reagem dilatando os vasos sanguíneos no rosto e pescoço, e causam rubor e queimadura. Uma maneira de evitar isto é gerir o stresse e praticar alguns exercícios de meditação e relaxamento. Foi também demonstrado que o consumo de álcool e alimentos picantes pode promover os sintomas de pele sensível, uma vez que dilatam os vasos sanguíneos ao causar vermelhidão e o álcool também atua como diurético, ao tornar a pele mais seca e mais vulnerável a fatores externos. Evitar este tipo de alimentos e substâncias poderia reduzir estes efeitos sobre a pele e não piorar ainda mais a situação (4).

Cuidados e prevenção da pele sensível

Cuidar da pele sensível é um desafio tanto para o dermatologista como para o doente. O fato de existirem muitos e variados fatores e produtos que provocam estas respostas subjetivas típicas de pele sensível e de cada paciente reagir de forma diferente a cada um deles torna a gestão da pele sensível complicada. Em qualquer caso, qualquer tratamento deve tentar evitar, na medida do possível, os agentes que desencadeiam esta resposta e seguir bons hábitos de cuidado da pele.

É aconselhável seguir uma série de diretrizes para os cuidados e prevenção da resposta da pele sensível:

Manter uma boa hidratação da pele

Hidratar a pele é extremamente importante para manter a função de barreira da pele e prevenir a perda de água transepidérmica (TEWL). Uma boa hidratação torna a pele mais brilhante e com melhor aspeto, mas também a reforça contra elementos externos e agressivos tais como poluição, mudanças de temperatura e o uso diário de cosméticos.

O mais aconselhável é usar cosméticos com ingredientes ativos hidratantes (capazes de prender e reter água na área) como ácido hialurónico, glicerina, ureia, etc... e ingredientes ativos emolientes (são ricos em lípidos e atuam como cimento, ao preencher os espaços entre as células do estrato córneo da pele, e evitam assim a perda de água e reparam a função de barreira) como óleos vegetais, sintéticos e semi-sintéticos, vitamina E e alguns silicones. É também importante notar que a hidratação interna é essencial para manter a nossa pele em boas condições e que beber 2 litros de água por dia ajuda a reduzir significativamente os sintomas e a hiper-reatividade desta pele (1)(5).

Usar alta fotoproteção


É essencial utilizar um fator de proteção elevado para evitar danos excessivos na pele, o que pode agravar os sintomas. A pele sensível tem uma função de barreira enfraquecida, pelo que a exposição à luz solar pode aumentar ainda mais os danos a esta estrutura e tornar a pele mais propensa a desenvolver vermelhidão, aperto, secura e coceira.

É importante que o protetor solar a ser utilizado cubra o máximo de radiação possível, mas sobretudo que proteja contra os raios UVA e UVB. É também importante que contenha apenas filtros minerais ou físicos e nunca químicos, pois estes podem irritar a pele e agravar os sintomas.

A radiação UVA é capaz de penetrar até à camada derme e causar danos na pele, tais como envelhecimento precoce, alergias solares, imunossupressão, danos indiretos de DNA e danos oculares. A radiação UVB, por outro lado, é responsável por danos solares agudos e queimaduras solares, afeta a camada da epiderme em maior grau e pode causar lesões tais como eritema solar, danos diretos do ADN e cancros da pele. Por conseguinte, é importante que a pele sensível e propensa a lesões se proteja deste tipo de radiação e utilize protetores solares com um elevado fator de proteção (6).

Usar cosméticos compatíveis com a pele sensível

 Este é talvez o ponto mais importante quando se trata de uma rotina de cuidados para a pele sensível.

A pele sensível é particularmente reativa a muitos agentes presentes nas fórmulas cosméticas, razão pela qual alguns autores recomendam a utilização de produtos específicos para a "pele sensível", caraterizada pela escassez de ingredientes na sua formulação, a ausência de agentes sensibilizantes, a existência de um número mínimo de agentes irritantes e a ausência de estimulantes sensoriais da pele e de produtos vasodilatadores, que ajudam a garantir que a pele não reaja excessivamente à aplicação de qualquer produto cosmético e que a sua função barreira não seja alterada.

??Para estas peles, o ideal é utilizar cosméticos com ingredientes ativos calmantes e hidratantes, com baixo teor de fragrâncias e livres de parabenos e álcool. Um estudo mostrou que a reatividade da pele de pacientes com pele sensível igualava a da pele normal quando se seguia uma rotina de cuidados da pele com produtos cosméticos com um mínimo de conservantes, fragrâncias e surfactantes durante 8 semanas. Além disso, foi também observada uma melhoria na função de barreira destes pacientes e uma melhor aparência da sua pele, o que mostra que é muito importante adaptar os nossos produtos de cuidado às necessidades da nossa pele  (7).

Porque é que o CBD é benéfico para a pele sensível?

Grafica efecto

El Cannabidiol (CBD) ofrece múltiples beneficios para las afecciones de la piel y su uso se ha incrementado notablemente en la industria cosmética.

Este activo ha demostrado tener grandes resultados en el manejo de la sintomatología de la piel sensible. Como ya se ha mencionado anteriormente, esta piel cursa con una alteración en la función barrera y una hiperexcitación de las terminaciones nerviosas de la piel, lo que provoca síntomas como sequedad, dolor, picor, irritación y quemazón. El CBD actúa aliviando todos estos síntomas mediante distintos mecanismos de acción:

  • Tiene un efecto calmante. La piel sensible se irrita y se inflama con facilidad ante cualquier estímulo, por lo que el CBD es un gran aliado para mantener controlados estos síntomas. Existen muchos estudios que han respaldado el efecto antiinflamatorio del cannabidiol sobre las afecciones dérmicas. Esto lo hace mediante el sistema endocannabinoide (SEC) que se encuentra en nuestra piel y que desempeña un papel muy importante en los procesos de nocicepción e inflamación. Independientemente del factor desencadenante, los trastornos inflamatorios de la piel implican un aumento de citoquinas proinflamatorias como los interferones y las interleucinas lo que lleva a la activación de diversas células T helper y desencadena cascadas de activación que pueden no ser autolimitadas, lo que provoca el desarrollo de un proceso inflamatorio crónico y sostenido en el tiempo. La unión del CBD a los receptores endocannabinoides del SEC como el CB1 y más especialmente al CB2 está relacionada con la inhibición de la cascada inflamatoria y la disminución de estos marcadores inflamatorios (8). Por otro lado, otro estudio demostró que el CBD reducía el prurito y aliviaba el dolor asociados a la inflamación de la piel. Estos efectos analgésicos y antipruríticos se producen a nivel central y periférico. En el sistema nervioso central (SNC), los efectos analgésicos y antipruriginosos están mediados principalmente por los receptores CB1, lo que es congruente con su actividad como principal receptor cannabinoide de acción central. En la periferia, se cree que la actividad tanto del receptor CB1 como del CB2 induce la analgesia. Estos efectos se han demostrado tanto en el dolor inflamatorio como en el picor, y se deben tanto a la actividad en la inflamación local como en la activación neuronal. En definitiva, estos efectos del CBD resultan ser muy útiles en el abordaje de la sintomatología de la piel sensible, ya que mantienen controladas las manifestaciones cutáneas y aportan mayor confort y estabilidad a la piel frente a cualquier estímulo al que se exponga (9)(10).
  • Aporta emoliencia y es hidratante. Una de las razones principales del aumento de la sensibilidad de la piel es la alteración de su función barrera. Se produce una evaporación del agua transepidérmica debido a una degradación progresiva del cemento intercelular del estrato córneo y esto provoca deshidratación y sensación de tirantez en la piel. El aceite de CBD derivado de las semillas de cáñamo es especialmente rico en en ácidos grasos poliinsaturados como el ácido linoleico y el alfa-linolénico, por lo que su aplicación de forma tópica o como componente de fórmulas cosméticas aportará mayor hidratación a la piel y actuará reforzando la barrera cutánea mediante la reposición de los lípidos del cemento intercorneocitario de la epidermis. Todo esto provocará una disminución de la pérdida de agua interna y reforzará la piel frente a cualquier agente agresor o estímulo externo (10).

Cuida da tua pele sensível com CBD: dicas para uma rotina diária

A reatividade da pele sensível depende muito dos estímulos a que está sujeita, por isso é muito importante adaptar a nossa rotina de cuidados às necessidades da nossa pele em todos os momentos e escolher sempre os produtos certos.

A primeira coisa a ter em conta ao cuidar da tua pele sensível é que boas medidas de higiene e dietéticas podem resolver uma grande parte do problema.Fazer uma dieta saudável, dormir o suficiente e evitar o stresse e as emoções intensas pode reduzir significativamente os sintomas. Por outro lado, é sempre importante complementar estas medidas com uma boa rotina de cuidados baseada em cremes e óleos que contenham CBD. No The(Beemine)Lab oferecemos-te alguns produtos de cuidado da pele de CBD feitos de ingredientes ativos calmantes e emolientes que são totalmente compatíveis com a pele sensível e que podem ser muito vantajosos e práticos para ti.

O creme hidratante CBD é especialmente indicado para acalmar e reparar a pele sensível devido ao seu elevado conteúdo de ingredientes ativos calmantes e hidratantes (aloé vera, calêndula, manteiga de carité, águas termais...) que ajudam a reparar os danos cutâneos e a manter o equilíbrio hídrico da pele. Por outro lado, o canabidiol atuará como um anti-inflamatório, ao reduzir a vermelhidão e aliviar a coceira e a comichão da pele. Outros ingredientes tais como mel, cera de abelha e óleo de cânhamo são capazes de nutrir a pele e restaurar a função de barreira, ao reabastecer a película hidrolipídica. Além disso, o seu elevado teor de antioxidantes (flavonóides, vitaminas e minerais) irá prevenir o envelhecimento da pele e proteger a pele de agressões externas. Podes incluir este creme na tua rotina diária aplicando-o de manhã e à noite sobre a pele limpa e sempre depois de aplicar o teu sérum habitual, de preferência de natureza semelhante a este creme e que proporcione muita hidratação.

Outro produto que poderias utilizar é o nosso óleo CBD 3%. Este produto estrela, que contém CBD como principal ingrediente ativo, é também rico em antioxidantes, ácidos gordos e aminoácidos essenciais que atuarão ao fornecer emoliência e hidratação e reabastecerão os lípidos no cimento intercorneocitário da pele, ao proteger a barreira cutânea e aumentar assim o limiar de tolerância da pele. O canabidiol irá acalmar e reduzir a coceira associada à inflamação cutânea e proporcionar um efeito analgésico que ajudará a reduzir a sobreexcitação dos nervos cutâneos. Este óleo pode ser aplicado de manhã e à noite na cara 3 vezes por semana. Podemos aplicá-lo sozinhos: aquecer previamente o óleo com as nossas mãos e aplicá-lo através de massagens circulares por todo o rosto ou em conjunto com o creme hidratante que iremos aplicar previamente. Outra opção é adicionar uma gota de óleo todos os dias em cima do creme hidratante CBD (ou o creme hidratante que utilizemos), para reforçar assim o efeito de ambos os produtos.

Em conclusão, é muito importante utilizar tanto o creme como o óleo para cuidar da pele sensível, uma vez que o creme irá reabastecer e manter a água dentro da pele, enquanto o óleo irá fornecer nutrição e formar uma película sobre a pele que irá evitar a perda de água transepidérmica, ao reforçar assim a função de barreira. Finalmente, nunca devemos esquecer o fotoprotetor como último passo na nossa rotina e estar conscientes de que a pele sensível necessita de mais cuidado e constância.

bannerBibliografia:

  1. Escalas Taberner, J., Guerra Tapia, A., y Segura Rodríguez, R.(2011). La piel sensible. Más Dermatol.,13, 4-13.
  2. Escalas-Taberner, J., González-Guerra,E., Guerra-Tapi, A.(2011). Sensitive Skin: A Complex Syndrome. Actas Dermosifiliogr, 102(8), 563-571.
  3. Morizot T, Guinot C, Lopez S, LeFur I, Tschachler E.(2000). Sensitive skin: analysis of symptoms, perceived causes and possible mechanisms. Cosm Toil, 115, 83–88.
  4. Neelam Muizzuddin, Kenneth D. Marenus, and Daniel l-l. Maes.(1998). Factors Defining Sensitive Skin and its Treatment. American Journal of Contact Dermatitis, 9(3), 170-175.
  5. Draelos, Z.D.(1997). Sensitive skin: perceptions, evaluation, and treatment. Contact Dermat.,8(2): 67-78.
  6. https://medlineplus.gov/spanish/ency/patientinstructions/000378.htm
  7. West, .I, Maibach, H.I. (1995). Contact urticaria syndrome from multiple cosmetic components. Contact dermatitis, 32, 121-.
  8. Costache, Daniel Octavian, Constantin, Carolina, Calina, Daniela;,Caruntu, Constantin, Costache, Raluca Simona, Caruntu, Ana (2020). Cannabinoids in the Pathophysiology of Skin Inflammation. Molecules, 25(3), 652–.
  9. Avila C, Massick S, Kaffenberger BH, Kwatra SG, Bechtel M, Cannabinoids for the Treatment of Chronic Pruritus: A Review, Journal of the American Academy of Dermatology (2020), doi: https://doi.org/10.1016/j.jaad.2020.01.036.
  10. S. Ständer, S.W. Schneider, C. Weishaupt, T.A. Luger, L. Misery.(2009). Putative neuronal mechanisms of sensitive skin. Exp Dermatol,18, 417-423.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CBD, o seu momento diário da natureza.
Descubra todos os nossos produtos
Ir para a loja
Quando a tecnologia e a natureza se encontram, o resultado é O Laboratório Beemine.
Tienda

Subscrever a Newsletter

usercartmagnifiercrosschevron-downplus-circle
0
    0
    O meu carrinho
    O carrinho está vazioVoltar à loja